finge ..




Então finge . Finge que não sentes , que não vês . Finge que está tudo bem . Podes fingir , podes agir como se nada te afectasse . Finge que a verdade não dói , que as coisas não magoam , que as palavras não ferem . Finge que o buraco cicatrizou , que as pessoas sabem curar , finge que te acostumaste com tudo , que mudou . (…) E há noite , quando te deitares na cama , chora tudo . Tudo o que podes , tudo o que consegues , tudo o que queres . Mas enquanto não cai a noite , finge que não te importas . Que as feridas recentes não atrapalham , que falar sem pensar não é consequência . Finge que o mundo não gira , que a vida não corre . Finge que nada mais vai te afectar, que ninguém mais vai conseguir atrapalhar . Finge … É melhor fingir . As pessoas preferem assim , as dores encaixam no tempo , acostumam-se com tamanha falta de verdade ; com o excesso da mentira . Finge . Age como as pessoas querem . Age como se nada acontecesse . (…) A verdade mesmo é que não querem saber como estão e sim como vai evitar magoar os outros . E não importa o quanto ferida estejas . Simplesmente finge .
Finge que és forte o suficiente , mesmo que não sejas .


by: cc

5 comentários:

Vanessa Kiekeben disse...

o mundo é feito de fingimento, poetas e actores do dia-a dia, feliz ou infelizmente.
Gosto :)

Sara * disse...

adorei * :)

Sara * disse...

obrigada linda :) *
também gosto muito do teu, e tu escreves mesmo bem :P

Sara * disse...

a serio, tá mesmo muito bom!
não é exagero nenhum :)*

Sara * disse...

de nada querida, as verdades são para ser ditas :)
oh,é o que eu acho xp
obrigada eu (: